Acerca de mim

A minha foto
Porto, Porto, Portugal
Escritório - Edifício Les Palaces, Rua Júlio Dinis, n.º 204, 2.º, S 213, 4050-318 Porto Telefone / Fax: 226008709 E-mail: cabecaisdecarvalho@gmail.com

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Campanha "Contra o Abandono de Animais" em Famalicão ainda está Activa

Após mais de dois anos (01/10/2008) desde o seu ínicio a campanha organizada pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão ainda está activa, sendo vísivel diversos cartazes na cidade:

"A partir desta semana, e durante um ano, autocarros de Transportes Urbanos de Famalicão (TUF) circularão com cartazes alusivos ao não abandono dos animais. Esta é uma das acções da campanha concelhia de sensibilização contra o abandono de animais, que vem consolidar o protocolo e o acordo existentes entre a autarquia de Famalicão e a Liga Portuguesa dos Direitos do Animal (LPDA).
lpda.gifA campanha – apoiada ainda pela Associação Comercial e Industrial de Famalicão (ACIF), o supermercado Jumbo e os dois maiores órgãos de comunicação social do município, nomeadamente a rádio e jornal CIDADE HOJE – integra-se no âmbito da comemoração do Dia do Animal, no próximo sábado, dia 4 de Outubro. “Iremos fazer mais uma tentativa de esclarecimento junto da população, após um verão atribulado no que respeita a esta problemática”, disse o vereador da Saúde Pública da Câmara, Ricardo Mendes, na conferência de apresentação da iniciativa, que decorreu na passada segunda-feira. 
A partir de Novembro, serão espalhados pelas freguesias outdoors e serão expostos cartazes alusivos à efeméride em vários espaços públicos, incluindo instituições educativas. Brevemente, serão lançados nas escolas, no comércio local e em edifícios públicos outros meios de divulgação, mais tradicionais, tais como balões, horários escolares, flayers, tapetes de rato e fitas porta-chave. 
O lançamento simbólico desta campanha será realizado amanhã pela Escola Profissional CIOR, por intermédio de cerca de 60 alunos voluntários do Curso Profissional de Animação Sociocultural, na Praceta Cupertino de Miranda, entre as 14 horas e as 17 horas. Desenvolver-se-á uma panóplia de actividades, especialmente dirigidas a crianças e jovens de escolas e instituições convidadas, mas também abertas ao público em geral. Entre elas, haverá jogos de sensibilização, pessoas a andarem pelas ruas com t-shirts relativas ao flagelo do abandono dos animais, pinturas faciais, danças com a temática do animal, artes circenses, a colocação de um papel no chão, no qual as crianças irão deixar a sua mensagem ou fazer um desenho acerca do assunto. “Nós achamos que isto é um projecto pedagógico, cívico e é um desafio que nos foi proposto e que aceitámos logo”, afirmou Luís Bessa, da CIOR.
No sábado, dia 4 de Outubro, estará presente um espaço dedicado a esta causa no Jumbo de Famalicão, ao mesmo tempo que decorre a recolha de géneros alimentares e higiénicos para o “Abrigo de Famalicão”. Segundo a representante do Núcleo de Famalicão da LPDA, Adriana Alves, este espaço de acolhimento de animais de rua está totalmente esgotado – com cerca de 100 cães, quando o limite aconselhável de preenchimento seria à volta de 50 –, pelo que todas as ajudas são bem-vindas. 
Adriana Alves lembra, ainda, que os níveis de abandono de animais em Portugal “é fruto da falta de regulamentação legal ao longo de décadas e de uma cultura ancestral, que foi dizendo aos cidadãos que os animais servem para nos servir e a partir daí passaram à condição de objectos”, acrescentando que “desde 2001 foi, finalmente, regulada a coima de abandono”, cada vez mais respeitada, que pode ascender aos 3800 euros. O abandono dos animais é um problema “que tem sido uma batalha dos municípios e doutras instituições”, tornando-se um problema ao nível da saúde pública e da “falta de humanidade, dada a crueldade cometida contra os animais que, muitas vezes, nos acompanham ao longo das suas vidas e que dão tudo o que têm para nos proporcionarem alguns momentos de felicidade”, referiu ainda Ricardo Mendes."
Vera Silva / Patrícia Silva

Pesquisar neste blogue